Transgênico x Saúde do seu Pet

Atualizado: Nov 19

Os alimentos transgênicos correspondem aos alimentos geneticamente modificados (AGM), ou seja, são aqueles em que o DNA é modificado.

Esses alimentos são produzidos em laboratório por meio de técnicas artificiais de engenharia genética. Assim, os embriões são alterados na medida em que recebem um gene de outra espécie.

Produção de Alimentos Transgênicos: as questões discutidas

Muito se discute sobre a efetividade desses tipos de alimentos “artificiais”, visto que na natureza muitos deles não se reproduziram dessa maneira.

Os testes de transgenia têm como objetivo desenvolver plantas e animais mais resistentes a doenças, pragas, agrotóxicos e mudanças climáticas, aumentando assim, a produtividade.

Por outro lado, há controvérsias sobre a natureza de tais alimentos. Esse fator está relacionado com os efeitos a curto e longo prazo para a saúde dos seres humanos e dos animais. Em outras palavras, visar o lucro em detrimento da saúde, o que pode ser um grande problema no futuro.


Alimentos Transgênicos no Mundo

Em muitos países, o consumo de alimentos transgênicos é legal, enquanto que em outros, a sua adesão está longe de ser efetivada.

Nesse último caso, podemos citar o Japão, cuja comercialização dos alimentos geneticamente modificados é rejeitada.

No mundo, os alimentos produzidos em maior quantidade são o milho, a soja, o algodão e a canola. O cultivo mais predominante no planeta é o da soja resistente à herbicidas.


Transgênicos no Brasil

Em 2017, no Brasil, foram ocupados 50,2 milhões de hectares (ha) com culturas transgênicas, a maior parte de soja. Com isso, o país tornou-se o segundo maior produtor de transgênicos do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

O Brasil destaca-se por ter lançado comercialmente, em 2015, o primeiro organismo geneticamente modificado totalmente desenvolvido no país: uma soja tolerante à herbicida, fruto de parceria entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a empresa alemã Basf.


Vantagens e Desvantagens dos alimentos transgênicos


Os alimentos transgênicos possuem uma série de vantagens e desvantagens, das quais destacam-se:


Vantagens dos alimentos transgênicos


· Maior produtividade;

· Redução de custos;

· Aumento do potencial nutricional do alimento;

· Plantas mais resistentes às pragas (insetos, fungos, vírus, bactérias) e aos agrotóxicos, inseticidas e herbicidas;

· Aumento da tolerância das plantas as condições adversas de solo e clima;

· Redução do uso de agrotóxicos.


Desvantagens dos alimentos transgênicos


· Desenvolvimento de doenças (reações alérgicas, câncer, etc.);

· Desequilíbrio ambiental (poluição do solo, da água e do ar, desaparecimento de espécies, perda da biodiversidade, contaminação de sementes, etc).

Veja a matéria completa:

MAGALHÃES, Lana. Alimentos Transgênicos. Toda Matéria, 2018. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/alimentos-transgenicos/. Acesso em: 19 out. 2020.

42 visualizações

Expansão Pet (CNPJ: 04.541.748/0001-52)

Rua Ibicaba, 158 / Chácara Califórnia - São Paulo/SP (CEP: 03404-020)  

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

(11) 3205-4978